ObservaEPS

A construção ou ponto de partida….

Compreendemos por construção o ato de construir, edificar algo, que nasce de uma vontade, uma necessidade, desejo e mais. Para construirmos alguma coisa é precisar pensar, decidir, planejar e executar. A partir desse entendimento, durante o nosso percurso com a equipe da Educação Permanente em Saúde (EPS) da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, em 2018, ouvindo trabalhadores e profissionais da saúde, gestores e docentes nas distintas regiões cearenses, para contribuir na elaboração do Plano Cearense de Educação Permanente em Saúde, se constatou o não reconhecimento do significado dessa modalidade da educação e a ausência de um espaço para discutir, conhecer, publicizar, mostrar etc. questões concernentes a essa temática.

Durante nossas andanças fomos constatando, também, que não existem estrutura, logística, ferramentas e recursos humanos que sistematizem os dados, experiências, demandas de EPS em nosso Estado. Desse modo, faz-se necessário criar subsídios que contribuam com o direcionamento e avanço das políticas e programas de Educação Permanente em Saúde no estado cearense. “Pode-se, portanto entender a construção do conhecimento como a constituição dos saberes que resulta da investigação filosófico-científica.” (WERNECK, 2006, p.175).

Então, o Observatório foi pensado. Criado em 2019, define-se como um espaço marcado por um conjunto de princípios, como: “compromisso com a defesa da saúde como direito das pessoas e da cidadania na relação dos indivíduos com o Estado; compromisso com a construção e o fortalecimento de sistemas universais de saúde de natureza públicas baseadas nos princípios da solidariedade, equidade, universalidade e integralidade da atenção à saúde; produção de um pensamento crítico sobre a realidade, alicerçado em bases científicas e eticamente responsáveis; e, autonomia de pensamento em relação a interesses de grupos ou instituições”. Assim, o ObservaEPS é esse instrumento para disseminação do conhecimento, troca de experiências e vivências dos trabalhadores e profissionais da saúde, ou seja, um espaço de todas e todos, para todas e todos.

Nosso caminhar….

Desde o final de 2019 estamos buscando dados que sejam relevantes para levar ao conhecimento do público, sobretudo informações sobre educação permanente em saúde, por se tratar de uma estratégia que leva a reflexão das práticas do trabalho, e permite aos profissionais reconsiderarem suas condutas, procurando melhorar o atendimento oferecido ao público e, promover ajuste na interação entre os parceiros de trabalho, quando necessário.

Cabe informar que o nosso caminhar é cuidadoso, criterioso, a partir de pesquisa, além de ser pautado pela ética, porque a vida em sociedade deve sempre prezar pelo respeito ao bem-estar do outro, como reza a Resolução Nº 466/2012, da CONEP/CNS/MS.

Vamos seguindo, caminhando e encontrando as ideias, as proposições, evidenciando significativas contribuições que nos vêm dos trabalhadoras/es e profissionais da saúde que lidam com vidas. E, na observância de ações distintas e diversas conhecemos e compartilhamos da concretude das coisas simples, mas que fazem a diferença. Portanto, que impere o zelo pela vida, com compromisso e respeito pela dignidade humana, sobretudo no que refere o “cuidado com o outro”, para que cada um encontre o caminho que o leve ao entendimento de que a vida deve ser vivida na sua plenitude.

Nossos objetivos, potencialidades e dificuldades

São muitos. E, temos potencialidades sim, mas, ao mesmo tempo, as dificuldades existem e precisamos superá-las. Pesquisar, encontrar as fontes verdadeiras, os fatos marcantes, os resultados exitosos, as experiências grandiosas e relevantes são parte do que ora perseguimos. Persistimos buscando, garimpando dados, fazendo parcerias, conhecendo outros observatórios, ouvindo aqueles que podem nos oferecer sugestões, propostas, além de trocas e vivências que podem nos fortalecer e, assim, contribuir com a evolução e sustentabilidade desse instrumento chamado Observatório.

Queremos ir mais adiante….

Mas, desejamos muito além do que foi dito. Queremos comportamentos que nos mobilizem, atitudes generosas, ações que nos permitam instrumentalizar o ObsersaEPS, principalmente o seu objetivo primeiro, que é socializar conhecimento por meio de novas técnicas e metodologias, no intuito de corroborar com a qualidade dos serviços de saúde como alternativa capaz de promover a condição humano. E, assim, caminhando estamos fazendo nosso caminho.

Quem somos?

O ObservaEPS foi idealizado pelo Centro de Investigação Científica (CENIC) da Escola de Saúde Pública Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), com a cooperação técnica da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará. 

Você conhece o Plano Cearense de Educação Permanente em Saúde?